sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Finados


As pessoas conseguem, com muita facilidade, sepultar bons sentimentos que lhes são ofertados. A escassez do que hoje o ser humano busca no outro, talvez seja o grande problematizador para que isto flua de modo muito na natural. Existe também a situação em que quem está disposto a contribuir para o bem querer, crie e alimente expectativas das palavras muito bem ditas. Mas, é aquele ditado: falar até papagaio fala...
Culturas, comportamentos e educações diferentes fazem com o que exista o reforço de que a maior igualdade do ser humano é ser diferente. Eu sempre achei que afinidades devem imperar nas relações, independente se familiares, de amizades, afetivas, profissionais, sociais. Mas, se não há reciprocidade de, ao menos existir o esforço para contribuir com o que o outro tão bem oferta - e se esforça para isto, os ciclos não vão adiante.
No Dia de Finados os entes são lembrados. De várias formas. No Dia de Finados é preciso também sepultar aquilo que te faz mal.




Thaís Livramento
02 de novembro de 2018.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Caipirinha

Realmente tá chovendo 
E cada gota faiscada 
Contradiz aos conceitos 
E gotas que um dia 
Foram lágrimas. 
A Caipirinha do Interior 
É gostosa demais para 
Ser conceituada 
Com gelo, limão e açúcar. 
Açúcar é doce. 
A caipirinha faz a cabeça dela 
Com o que pensa. 
Pensar é responsabilidade. 



Thaís Livramento 
16 de outubro de 2018. 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Amargo


A mentira destrói, machuca, marca, faz perder o encanto.
O doze era pra ser doce.

Thaís Livramento
13 de julho de 2018


                                                       Eu Esqueci Você - Clarice Falcão 

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Desapego




Segunda fiquei ansiosa;
Terça fiquei em choque;
Quarta fiquei triste;
Quinta fiquei reflexiva;
Sexta fiquei pensativa;
Sábado fiquei com um cara;
Domingo fiquei bêbada.

Thaís Livramento
18 de junho de 2018

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Ser Racional


Quando se gosta de alguém, é necessário desenvolver exercícios diários para a boa manutenção deste sentimento. Quando se desgosta também.



Thaís Livramento
12 de julho de 2018

quarta-feira, 20 de junho de 2018

‘Mar’súpio


Músicas e cheiros lembram pessoas. Lugares e formatos em metamorfose também. Inverdades, inclusive. O presente é de presença única e de ausência necessária. Agradecer por gerar amor é presente. Tempo presente; presente de Deus. O amanhã pertence ao Criador e às criaturas. É só o que temos. 

"Dois" - Tiê


Thaís Livramento
20 de junho de 2018

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Notas sobre detalhes


Músicas descrevem muito sobre os contextos. Nem sempre os cantos encantam. Em cantos existem detalhes. Às vezes a indiferença descreve um bloqueio por não admitir sentir e ser diferente. Pessoas grossas não conhecem as delicadezas dos detalhes que encantam e estão ou podem virar canções. Faz parte da sensibilidade individual.





Thaís Livramento
11 de maio de 2018