quinta-feira, 31 de março de 2011

Você é ansioso(a)?


A psicóloga Angelita Scardua preparou perguntas para identificar se você é ansioso ou não. As perguntas sinalizam como a pessoa está lidando com os níveis de ansiedade. Quanto mais "sim" der às respostas, mais ansioso você está. É importante, contudo, levar em consideração as condições de vida atual. Há várias condições que tendem a aumentar o nosso nível de ansiedade, como por exemplo:

- Organização de casamento
- Mudança de emprego
- Mudança de Estado/País
- Desemprego
- Com filho recém-nascido
- Saindo de um divórcio
- Enfrentando o diagnóstico ou tratamento de doença grave
- Em luto

Em condições como essas, sentir-se mais ansioso do que costumava sentir-se é absolutamente normal. A não ser que o alto nível de ansiedade persista por muito tempo após o ocorrido e que passe a interferir na capacidade da pessoa viver como sempre viveu.

Você é ansioso(a)?

1 - É comum quando você está nervoso(a), para se acalmar, ingerir um algum desses itens: bebidas alcoólicas, cigarro, alimentos, medicamentos ou outras drogas?

2 - Em momentos de nervosismo, ou mesmo quando está calmo(a), é comum você observar que está com tremor nas pernas ou braços sem razão aparente?

3 - Você acha que transpira mais do que a maioria das pessoas, especialmente nas mãos e rosto?

4 - Você se considera pessimista, tendendo a esperar sempre que algo ruim aconteça?

5 - Você sente indisposição gastrointestinal (azia, náusea, diarreia, etc.) com frequência sem ter tido nenhum diagnóstico médico que explique?

6 - Você diria que para você é comum sentir o coração "disparar" e que sua respiração costuma ser ofegante; ou que às vezes lhe "falta o ar"?

7 - Você diria que dormir é um problema para você? Que acorda várias vezes à noite, tem pesadelos e/ou insônia frequentemente, e quase sempre se sente cansado(a) mesmo tendo dormido muitas horas?

8 - É comum você pensar que poderia ter feito tudo melhor, sentir-se sem confiança na sua capacidade, e ainda assim assumir mais responsabilidades?

9 - Você diria que se preocupa demais, que dá muito valor a coisas sem importância e que tem dificuldades para relaxar?

10 - Você diria que "agitado(a)", "inquieto(a)", "insatisfeito(a)", "tenso(a)", "implicante", "exigente" e "crítico" são palavras que te descreveriam?

Angelita Scardua é psicóloga, Mestre com ênfase em Desenvolvimento Adulto e Felicidade.

terça-feira, 29 de março de 2011

'PQ foi o Alencar e não o #Sarney?'

Mensagem da Secretaria de Cultura foi publicada após morte de ex-vice.
Órgão pediu desculpa e disse que 'mensagem foi postada indevidamente'.
O Twitter da Secretaria de Cultura do Governo de São Paulo publicou no Twitter, alguns minutos após o anúncio da morte do ex-vice-presidente da República José Alencar, a frase "PQ foi o José Alencar e não o #Sarney?". A gafe foi apagada logo após a publicação, mas diversos internautas já haviam repercutido a mensagem.

De acordo com a assessoria de imprensa do órgão do governo paulista, o erro foi cometido por um funcionário que, ao usar um programa gerenciador de múltiplas contas do microblog, pensou estar usando sua conta pessoal e acabou utilizando o perfil oficial da Secretaria.

A Secretaria de Cultura postou um esclarecimento na própria rede social, afirmando se tratar de uma "mensagem postada indevidamente no nosso perfil", que não refletiria "a posição oficial da Secretaria". "Lamentamos o ocorrido", diz ainda.

Em fevereiro, a conta oficial do Supremo Tribunal Federal publicou uma piada sobre o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). A mensagem dizia o seguinte: "Ouvi por aí: 'agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?".

A Secretaria de Comunicação Social do STF divulgou nota pedindo desculpas ao senador, afirmando que uma funcionária terceirizada foi a responsável pela publicação. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pediu ao presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, que não aplique punição à funcionária terceirizada.


Disponível em
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2011/03/noticias/minuto_a_minuto/nacional/810594-twitter-de-secretaria-paulista-publica--pq-foi-o-alencar-e-nao-o-sarney.html
"O peso ideal é o da consciência."
(Thaís Livramento)

segunda-feira, 28 de março de 2011

Pedalar Pra Rir

Eu deveria ter escrito aquele texto antes
Como eu deveria ter falado o que não disse.
Eu não deveria ter confiado em um desconfiado
E ter lavado o que deixei sujo.
Chorar o leite derramado não é a melhor opção
Mas pedalar para uma novidade
E não deixar de conquistar mais uma légua
Faz parte de muitos pesos densos.
Vou pedalar pra rir arrobas!

                                                         Thaís Livramento
                                                         28 de março de 2011

Pinheiros tem Projeto Piloto de Empreendedorismo

O ensino fundamental hoje não pode mais limitar-se a alfabetizar e dar formação básica. É preciso preocupar-se com a preparação do aluno para enfrentar os desafios futuros do mercado de trabalho. Foi pensando nisso que o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) desenvolveu o “Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos”, destinado a crianças e jovens de 7 a 14 anos do nível fundamental de ensino.
Usando recursos lúdicos como ferramenta de envolvimento e fixação de conceitos, os cursos geram interesse sobre o mundo dos negócios, ensinando aos alunos como dar os primeiros passos rumo ao sucesso em sua vida profissional futura.
O Programa que foi implantando em Pinheiros na administração de Gildevan Alves Fernandes (2005 - 2008) e dá continuidade com êxito na atual gestão do prefeito Antonio Carlos Machado (2009 – 2012), tem o objetivo de disseminar da cultura empreendedora entre os jovens, a fim de despertar na população escolar a iniciativa na busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho por meio da criação de seu próprio negócio.
Veja abaixo o vídeo do Projeto Piloto “Jovens Empreendedores” em Pinheiros, produzido em 2008.



quinta-feira, 24 de março de 2011

Na Casa da Vovó Sinhá

Quarta-feira de cinzas. Dia católico tradicional. Sou católica e de família tradicional, se não formos à Missa por livre e espontânea vontade, mamãe dana a falar. Entre ouvir uma Missa rezada pelo padre e a da mamãe, prefiro a do padre.
Há pouco tempo a Igreja da minha cidade foi reformada. A reforma terminou, porém, alguns ajustes foram prorrogados, como por exemplo, a instalação de ventiladores e aparelhos de ar condicionado no templo. Eu sinto muito calor, portanto, quando vou à Igreja prefiro ir pela manhã já que está mais fresco.  
Terça-feira de Carnaval, minha amiga Jô me ligou para me convidar para ir à Missa de Quarta-feira de Cinzas no Asilo “Casa da Vovó Sinhá”, o qual a mãe dela é diretora. Em primeira instância, pensei: “Como a Missa será às 16:30 estará mais fresco. Além do mais, o asilo é fresquinho”.
Juro, juro que pensei inicialmente na missa que não queria ouvir minha mãe rezando e em meu bem-estar. Bendita hora que aceitei o convite! Fomos papai, mamãe e eu. Chegamos lá, o pensamento de primeira instância foi pro beléléu, já que a visão que tive me causou calafrios. Os vovôs e vovós em cadeiras de rodas, sentadinhos nos banquinhos da varanda, caminhando com a ajuda de funcionários, bengala ou se apoiando em barras laterais todos cheirosos nos recebiam com um sorriso no rosto ou outra manifestação carinhosa.
A Missa começou. O padre, muito paciente conduziu aquele momento com muita sabedoria. Durante a celebração cristã, muitas coisas me chamaram atenção, como em outras situações que me encontro acompanhada dentro de um ambiente com mais pessoas.
Sempre fui à “Casa da Vovó Sinhá” para desenvolver meu trabalho jornalístico. Sim, a situação dali sempre me incomodou, mas eu enxergava com outros olhos, o profissional. Aquele ambiente nunca me chamou tanta atenção como naquele dia.
Era um movimento aqui, uma manifestação oral ali... Mas um senhor aparentemente novo para estar ali foi o que mais chamou a atenção. Aparentemente novo, cadeirante e muito debilitado. Pensei porque aquele homem estaria ali, já que acredito que tenha família. Visivelmente novo e tão debilitado... Penso que 50% do estado de saúde em que ele se encontra justifica-se pela ausência e falta de apoio da família. A cada palavra ‘tocante’ proferida pelo padre, o senhor emocionava-se. Mas, ao receber as cinzas, ele desabou em lágrimas! Percebi que se emocionou por sentir a presença de Deus com intensidade. Ao interpretar a cena, fui contagiada por aquele senhor, pois me arrepiei quando percebi que realmente Deus estava ali, naquele ambiente e apenas os sensíveis e necessitados das graças do Pai Maior perceberam e sentiram a presença Dele.
Eu fui uma destas pessoas. Deste dia em diante, me agarrei mais ao rebanho do Bom Pastor, e não perco a oportunidade de propagar o verdadeiro caminho da salvação. A cada gesto meu sem interesse, percebo que Deus me retribui de forma que até penso não merecer tanto!

Thaís Livramento
24 de março de 2011

segunda-feira, 21 de março de 2011

Faça o teste de satisfação no trabalho!

Felicidade não é fácil de definir. E o estado de espírito é muitas vezes determinante para o sucesso no emprego. Da relação com os colegas ao humor, tudo interfere na sensação de prazer sentida ou não no final do dia. Para tirar possíveis dúvidas sobre a relação entre trabalho e bem estar, a psicóloga Marta Zouain elaborou um teste que mede o grau de satisfação com a ocupação escolhida por você.
Responda as perguntas abaixo e depois confira o resultado:

Pergunta
Sim
Não
1.         Ao acordar para ir ao trabalho você se sente bem disposto e entusiasmado?


2.         A sua relação com o Grupo de trabalho é de harmonia e integração?


3.         Você consegue sentir prazer nas pequenas conquistas em seu trabalho?


4.         Você é visto pelas pessoas como uma pessoa alegre e positiva?


5.         Tenho constantemente a sensação de felicidade no trabalho, sem que haja um motivo específico?


6.         Eu faço planos e tenho sonhos para meu futuro?


7.         Em meu dia a dia de trabalho acontecem com freqüência várias coisas interessantes e empolgantes?


8.         Quando me olho no espelho, tenho prazer com o que vejo refletido?


9.         Ao me deitar, meu sono vem rápido e, na maior parte das vezes, durmo toda a noite sem acordar?


10.     Sou considerado uma pessoa otimista em relação a vida?


11.     Sou referência na minha profissão. Com freqüência sou consultado para emitir opinião sobre o assunto?


12.     Na maior parte das vezes olho os problemas com uma lente de diminuição e as coisas boas que me acontecem com uma lente de aumento?


13.     Vejo obstáculos do trabalho como desafios a serem superados?


14.     Se eu ganhasse na loteria, continuaria trabalhando, porém, com um ritmo mais tranqüilo de atividades?


15.     Se pudesse voltar no tempo, escolheria a mesma profissão?



Some o total de SIM e analise segundo os critérios abaixo:

De 14 a 15 respostas SIM:

Parabéns! Você escolheu uma profissão que o realiza e suas atitudes tendem a ser positivas e favoráveis diante da vida. Este comportamento tende a aproximar as pessoas de você e estas o consideram uma referência em relação a sua postura profissional.

De 12 a 13 respostas SIM:

Você provavelmente fez a escolha certa, porém, está dispersando energias que podem ser melhor canalizadas para coisas e situações que agreguem positivamente a sua vida. Faça uma revisão de suas atitudes e encontre o que hoje esta dificultando a sua capacidade de sentir mais prazer e invista para mudar. A sua não ação poderá distanciá-lo cada vez mais da tão procurada felicidade!

De 10 a 11 respostas SIM:

Cuidado. O seu momento é crítico e exigirá uma reflexão sobre a sua vida como um todo. Entenda que a felicidade está à disposição de todos e é sua a responsabilidade na busca do melhor caminho!

Abaixo ou igual a 9 respostas SIM:

Todo profissional, seja ele em início de carreira ou não, deve saber com objetividade aonde quer chegar. Ter um propósito para sua carreira profissional será determinante para o alcance da felicidade. A CORAGEM é o seu maior desafio.
Não viver os próprios sonhos é aceitar a condição de se tornar ser coadjuvante nos sonhos dos outros. Por este caminho, não há auto-estima que se sustente. Quem não acredita que pode conseguir realizar aquilo que deseja, coloca o poder de condução da própria vida nas mãos de outra(s) pessoa(s), e isso tem um impacto profundo no conceito que a pessoa tem de si mesma, tornando-a fraca, manipulável e/ou indecisa.

Escolha ser feliz tendo a coragem de mudar sua direção se esta for a condição. A hora pode ser agora!

domingo, 20 de março de 2011

A Lição do Sapinho

Era uma vez um grupo de sapinhos que organizaram uma competição. O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta. Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e animar os competidores.
A corrida começou…
Ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre.
Eles diziam coisas como: “Oh, é difícil! Eles nunca vão chegar ao topo.” ou: “Eles não tem nenhuma chance de sucederem, a torre é muito alta!”
Os sapinhos começaram a cair. Um por um… Só alguns poucos continuaram a subir mais e mais alto…
A multidão continuava a gritar: “É muito difícil, Ninguém vai conseguir!”
Outros sapinhos se cansaram e desistiram… Mas um continuou a subir, a subir… Este não desistia! No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre, com exceção do sapinho que depois de um grande esforço, foi o único a atingir o topo. Naturalmente, todos os outros sapinhos queriam saber como ele conseguiu. Um dos sapinhos perguntou ao campeão como ele conseguiu forças para atingir o objetivo e o resultado foi… O Sapinho Campeão era surdo!!!
Moral da história: Nunca dê ouvidos a pessoas com tendências negativas ou pessimistas, porque eles tiram de você seus sonhos e desejos mais maravilhosos, aqueles que o Senhor colocou em seu coração!
Lembre-se sempre do poder das palavras. Porque tudo o que você falar, ouvir e ler irá afetar suas ações! Portanto, seja sempre positivo e acima de tudo seja surdo quando as pessoas dizem que você não pode realizar seus sonhos!
Jamais se esqueça do versículo Bíblico
“Tudo posso Naquele que me fortalece!!!”
(Filipenses 4:13)

sexta-feira, 18 de março de 2011

Manifesto: “Quero Meu Lado Mulherzinha De Volta!”

Primeiramente devo dizer: a culpa não é de ninguém! Não me atirem pedras, nem queimem meus sutiãs que me são tão raros, caros e meus. Ando pensando muito na questão ying/yang na sociedade e dentro de nós e o que eu vejo não são mulheres independentes e felizes com seus novos papéis, nem homens satisfeitos com um ‘ter que ser’ que não combina com seus antigos moldes.
O que enxergo são homens e mulheres perdidos e insatisfeitos, loucos por colo e amor, e loucos de saudade. Eu quero ser mulher de novo, estou cansada de virar homem tantas vezes ao dia, tendo que resolver a vida e o mundo.
Tenho que trabalhar, pagar contas, impostos, saber tudo sobre contabilidade, escrever, recitar Vinicius, ter uma bunda dura, um cabelo macio, quinhentos e cinqüenta e cinco cheiros gostosos pelo corpo, pés e mãos bem feitos, saber o que está passando no cinema, ler de Sartre a Vogue, ajudar a família e amigos, colocar os quadros novos na parede, responder e-mails e estar Linda e com a pele fresca para quando aquela pessoa que você joga charme há meses te chamar pra sair.
Ok, você toma banho em segundos, reclama com sua mãe enquanto procura o que vestir (a eterna dúvida do primeiro encontro) e tenta se focalizar em ser mulher.
Apenas mulher.
E o interfone toca e você está com duas blusas na mão, nenhum sapato no pé e uma interrogação bem no meio da maquiagem.
O espelho não mente: você está ligeiramente Linda, confusa e cansada.
Mas pega a bolsa e vai... (afinal, arriscar é viver).
No caminho você pensa, enquanto passa o batom: o mundo está invertido ou será que sou eu?
E você não encontra respostas mas encontra o cara.
Parado.
Mudo.
Com um olhar bonito e alguma expressão que você não entende.
Aí tem a mesma imagem de minutos atrás.
Vê o ponto de interrogação bem no meio da cara dele.
O cara não sabe o que fazer.
Não sabe se abre a porta do carro, se escolhe o restaurante, se te beija, se te come ou manda embrulhar, se manda flores no dia seguinte, se conversa sobre poesia, sobre filhos ou musculação, tudo porque ele está na dúvida se você vai achar lindo ou se vai rir na cara dele.
Tudo porque ele está perdido, mas... Caramba, você também está!
Não sabe se ele tem a mente aberta como aparenta ou se é mais careta que seu tio.
E ninguém se percebe.
O cara te acha inteligente, gostosa, divertida, e acha que você é moderna demais pra gostar de uma mensagem fofa no dia seguinte.
Meninos é mentira. A gente gosta.
Tem gente que pode não gostar, mas eu gosto.
Vivemos num momento de transição e conflitos, mas fica difícil de entender.
Nada mais normal.
Eu por exemplo trabalho, tenho minha casa, sou forte por acaso, mas tenho meu lado mulherzinha que não me deixa.
Sou emotiva, sensível, choro à toa, rodo a baiana, mas espero o telefone tocar... Tenho meus
‘nhem nhem nhens’ e estou cansada. Cansada de ser racional.
Cansada de ser "bem resolvida", cansada de tomar a iniciativa, cansada de ser homem em cima do salto.
Por isso, em Nome do meu equilíbrio,
da falsa modernidade e dessa bagunça que virou um simples abrir e fechar de portas, eu me atrevo a dizer: toda mulher tem seu lado mulherzinha.
Rapazes sejam fortes e persistentes, nós somos complicadas, mas contamos com vocês!"

Martha Medeiros

quinta-feira, 17 de março de 2011

Feliz Aniversário, Elis!

Elis Regina Carvalho Costa nasceu em 17 de março de 1945 em Porto Alegre, RS.

Elis foi, sem dúvida, a maior cantora brasileira de todos os tempos. Com técnica e garra, lançou alguns dos principais compositores brasileiros, como João Bosco e Aldir Blanc, Renato Teixeira, Fátima Guedes - só não lançou Chico Buarque porque resolveu pensar sobre o assunto - Nara Leão foi mais rápida.

A "Pimentinha", como era chamada, tinha - como João Gilberto - a perfeição como meta. Exigia muito de seus músicos e compositores, exigia de sua gravadora, exigia de sua voz. Ganhávamos nós, o público. Não foi sempre assim - quando saiu do Rio Grande do Sul tentou carreira no Rio de Janeiro, não foi pra frente. Seus primeiros discos são repletos das exigências da mídia, Elis teve que cantar o que vendia na época.

Mudando-se para São Paulo, encontrou a cidade de braços abertos. Foi lá que Elis chegou a perfeição e se transformou numa tradição, tal qual sua amiga Rita Lee. Elis virou São Paulo, que a acolheu e a recolheu, quando se foi aos 36 anos, em 19 de janeiro de 1982 - pouco antes de eu nascer! Ainda bem que não estava viva para sofrer com a morte de Elis...

Foi a primeira pessoa que inscreveu sua voz como instrumento, na Ordem dos Músicos do Brasil. E era. A voz de Elis soava como instrumento afinado, não perdendo, nem por um minuto, o carisma e a emoção em cada canção.

Envolveu-se com tudo de forma radical - com a música, com a política, com a vida. Maldita para muitos, Elis tinha sempre a frase certeira, a mente afiada, propósitos firmes: "Cara feia pra mim é bode... Sou mais ardida que pimenta!".

Onde quer que esteja, hoje a Pimentinha deve estar comemorando seu aniversário ao som de Águas de Março...
Dá-lhe Elis!!!

Thaís Livramento

quarta-feira, 16 de março de 2011

Vacina Anti-Câncer Rins e Pele

Boas notícias são para partilhar!!!


Já existe vacina Anti-Câncer (pele e rins). Foi desenvolvida por cientistas médicos brasileiros, uma vacina para estes dois tipos de câncer, que se mostrou eficaz, tanto no estágio inicial como em fase mais avançada.
A vacina é fabricada em laboratório utilizando um pequeno pedaço do tumor do próprio paciente. Em 30 dias está pronta e é remetida para o médico oncologista do paciente.
Nome do médico que desenvolveu a vacina: José Alexandre Barbuto
Hospital Sírio Libanês - Grupo Genoma.
Telefone do Laboratório: 0800-7737327 - (falar com Dra. Ana Carolina ou Dra. Karyn,
para informações detalhadas)
Isto sim é algo que precisa ser propagado, pois alguém pode  estar precisando!!!
Por favor, divulguem esta vitória da medicina genética brasileira!


Você pode fazer diferença fazendo a sua parte!
Bjbj,
TL.

terça-feira, 15 de março de 2011

"Se você nunca sentiu medo, vergonha ou dor, é porque nunca correu riscos."


Foto By: TL


segunda-feira, 14 de março de 2011

Banda Zémaria embarca para turnê nos EUA


Grupo do Espírito Santo participa de um dos maiores festivais de música do mundo,
o South By Southwest


A música feita no Espírito Santo começa a invadir o cenário americano. Isso acontece devido ao trabalho da banda Zémaria, que embarcou ontem para terra do Tio Sam em uma pequena turnê. O grupo participa de um dos maiores festivais de música do mundo, o South By Southwest, e, em seguida, parte para um show em Nova York e outro em Los Angeles.

Segundo Marcel Dadalto (guitarra e voz da banda), serão duas apresentações no festival de Austin, no Texas, e apresentação única nas demais cidades. "É uma boa oportunidade de entrar no mercado americano. Já fizemos turnê na Europa, mas é nos EUA que o público consome mais música. É um mercado com forte poder de divulgação", avalia.

A empolgação do músico também se dá devido ao grande porte dos eventos. "Estamos indo para o maior festival de música do mundo. São quase duas mil bandas tocando. Os organizadores fecham o centro de cidade de Austin, onde existem 80 bares de música ao vivo. Em cada estabelecimento terá uma banda tocando. Os Strokes e o Queen of The Stone Age também estão na programação", explica.

O Zémaria faz um show amanhã (15) e outro no sábado (19). Em seguida, os componentes da banda pegam um carro e dirigem do Texas até Nova York, quando se apresentam no dia 24, no Brooklyn. "A gente gosta de dirigir. Já dirigimos de Berlim a Lisboa", revela Marcel.

Para chegar a Los Angeles, a banda optou pelo transporte aéreo. "Como o tempo de viagem é curto, a gente escolheu o trecho menor para dirigir nos Estados Unidos. Para Los Angeles, vamos de avião mesmo, o que é uma pena. Queríamos fazer uma road trip até lá".

Chegando à Califórnia, os capixabas se apresentarão no badalado The Roxy Theatre, onde bandas como Panic at The Disco se apresentam neste mês. "O local é sensacional. Lá já tocaram bandas como The Doors e Led Zepellin", conta entusiasmado.

Marcel aposta no sucesso dessa expedição capixaba pelas terras do Tio Sam. "Acabamos de lançar um EP no iTunes, o que é muito mais legal do que qualquer EP, devido ao alcance maior que a ferramenta proporciona. Creio que toda essa onda começou por conta da inclusão de uma música nossa no jogo da Fifa Games. Isso bombou o nome da banda e acho que ajudou na hora da inscrição. Tanto que recebemos resposta imediata da organização quanto à nossa participação no South by Southwest. Acho que estamos fazendo a cartilha correta e estamos na torcida", finaliza.

Disponível em:
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2011/03/noticias/a_gazeta/caderno_2_ag/797319-banda-zemaria-embarca-para-turne-nos-eua.html

domingo, 13 de março de 2011

Eu Quero Star

Estou cansada de fingir que as coisas não existem, embora existam.
Estou cansada de fingir que eu não estou nem aí para as coisas, mesmo que esteja.
Estou cansada de fingir que odeio algumas coisas e venero outras.
Estou cansada de fingir e acreditar que um dia tudo vai ou não embora.
Estou cansada de fingir que tudo pode ser um sonho,
Embora eu saiba que meus sonhos se transformam em realidade.
Não quero mais fingir,  prefiro e preciso acreditar mais em mim.
Eu nasci para brilhar...
Não quero mais fingir e sim acreditar.
Eu quero meu bem-estar...
Eu vou Star!

Thaís Livramento


"Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo ou todas as pessoas durante algum tempo, mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo."
(Abraham Lincoln)