terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dos Pingos Ausentes

Neste momento
Os tão esperados pingos de chuva
Começam a cair.
Saio de uma atividade para outra
Com receio de cair no conceito
De uma pequena parcela.
Número restrito
Com grande expressividade.
Lembro da promoção que
Não compareci,
Mas compareci à primeira atividade
Que me tomou manhã, tarde e parte
Da noite.
Amanhã à noite quero estar
Em casa e descansar.
Não me cansar.
Não me cansa esperar
Por dias melhores.
A pequena parcela
Ouve a Palavra Sagrada.
Respeitam, mas não seguem.
Faltam com o respeito
Com a maior parcela.
Neste momento, não caem mais
Pingos do céu.
A pequena parcela
Pensa estar nas alturas.
Com menos peso, é possível flutuar.
Diante da pequena parcela
É preciso estar com os pés no chão.

Thaís Livramento
03 de outubro de 2011

13 comentários:

  1. Show thaís :) to aprendendo com você ;)

    ResponderExcluir
  2. muito bom esse. seguindo tb. Parceria?

    ResponderExcluir
  3. A chuva deixa sempre em nós breves momentos de reflexão!

    Gostei!!!

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  4. Ah, que bonito...Pingos de chuva na cabeça e pés no chão.

    Gostei.

    ;)

    ResponderExcluir
  5. "Não me cansa esperar
    Por dias melhores."
    Lindo!
    Amei a forma como escreves.
    Seguindo-te também.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Anônimo22:30

    Thaís, estou aqui para conhecer o seu espaço e agradecer a visita.
    Gostei do colorido do espaço pois adoro uma frase de Mário Bonetti que diz:"A vida tem a flor que você pinta".Espero que vc use todas as cores para que ele fique mais divertido e alegre.
    Vou voltar,viu?
    Beijos Emilinha

    ResponderExcluir
  7. Anônimo22:34

    Oi querida, voltei para corrigir o nome do escritor, que é "Mário Bonatti " e não como escrevi.A pressa é inimiga da perfeição...rsrs

    ResponderExcluir
  8. oi vi lhe fazer uma visitinha..e te convidar a conhecer o meu blog..na dixe de me visitar.. http://wanessasonhoseconquistas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. "A pequena parcela
    Ouve a Palavra Sagrada.
    Respeitam, mas não seguem.
    Faltam com o respeito
    Com a maior parcela.
    Neste momento, não caem mais
    Pingos do céu".
    O trecho que mais me chamou atenção.

    ResponderExcluir
  10. Belíssimo, querida! Gosto de imaginar a situação que vc vivia quando pensou e escreveu isso. Bonito!!
    bjoca

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. oi minha flor brigadinho por me seguir..pois estou te seguindo tmb...olha brigadinho pelo comentario
    pois no texto que vc leu..vc disse que o silencio não poderia resolver..qualquer poblema mal resolvido..mais acredito que o silencio as vezes nos faz refletir sobre varias coisas..principalmente coisa que nos não conseguimos resolver,naquele momento..
    ai vem o silencio a vontadade de ficar só..isso acontece pra que realmente nos viemos a pensar..
    naquele tal pobleminha mal resolvido que de cabeça quente ñ resolvemos..então o silencio e a solidão faz com que nos não comentemos os mesmos erros novamente....
    xauzinho minha flor beijinhoss
    fica com DEUS

    ResponderExcluir
  13. olha eu aceito sugestões ok..espero que não fique chateada pois so queria te explicar o motivo da frase..o que eu estava pensando no momento em que eu escrevi..pois gostei da sua opinião..pois o blog foi feito pra isso pra vcs leitores..pois vo mudar o situação mal resolvida e colocar o que vc me sugeriu no comentario ok...rsrsrs beijinhosss

    ResponderExcluir