quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Me arrasta

Do acaso surgem encontros
De conversas, estímulos.
Atualmente, ter a atenção de alguém
É incomum.
Falar de amores e desamores?
Bom mesmo é amar e amar.
Amar quem tá junto...
Não sentir a presença
É chave para conhecimentos
Múltiplos.
Múltiplos olhares
Flertes,
Investes.
Em vestes de elogios
Trocas de informações,
Uma viagem marcada,
Datas desviadas,
Cantadas lançadas.
Um almoço prometido
Que será cumprido.
Seu tipo rasta
Me arrasta...
Seu cabelo é massa!

Thaís Livramento
27 de outubro de 2011

11 comentários:

  1. Belo texto... Jogo de palavras interessante... e no fim descontraído... Gostei bastante das conclusões de inicios sob re acaso e conversas...

    Muito legal mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Um poema de sedução livre, forte e terna, que me agradou muito ler.

    ResponderExcluir
  3. Seu tipo rasta
    Me arrasta...

    É pra amar e amar.

    Linda sedução em poema.

    Beijo baby.

    ResponderExcluir
  4. Que ritmo gostoso...e que moço gostoso também, Thaís!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Salve salve dona Livramento! Muito bom, mais uma vez. E agora nem vou perguntar o que vc estava fazendo quando escreveu isso... ;)
    bjão, querida!

    ResponderExcluir
  6. Saudações Thais! Eu bem que gostei disso ai viu... senti um calor bom nesse frio de chuva! Beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkkkkkkk conheço esses estilo de texto???
    show thais :D

    ResponderExcluir
  8. Olá Thais! Saudações Literárias.
    Tudo bem?
    Arrumei um tempinho e estou dando uma passadinha por aqui.
    Vejo que o bom gosto continua a fazer morada no espaço.
    ♥ Abraços de Luz.
    http://iluminandoavida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. OLha! Capixaba na rede!!!!

    Gostei do jogo de palavras.

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  10. .


    Eu mexi nas flores que perfumaram
    as minhas mãos; que palavras lin-
    das você deixou no ar. Que cari-
    nho e atenção para alguém que só
    de nome tem lembranças...

    silvioafonso




    .

    ResponderExcluir